home selena galeria site créditos

26 de jun de 2011

SELENA INTERPRETA TRÊS PERSONAGENS EM MONTE CARLO

Para Selena Gomez ganhar o papel de Grace, uma garota do Texas que ganha uma viagem dos sonhos para Paris, foi mais do que ela esperava.“É porque Selena interpreta três personagens,” disse Leighton Meester que é Meg, a meia-irmã de Selena no filme. “Uma foi Grace. Uma foi Cordelia, e a outra foi Grace fingindo ser Cordelia.”“Foi muito divertido, porém estava bem nervosa também,”disse Gomez na conferência de imprensa no Regency Hotel em Nova Iorque. “Estava nervosa porque Cordelia é um papel totalmente diferente, malvada e ainda por cima com sotaque.”Gomez, que fará 19 anos no dia 22 de Julho, estava com 17 anos quando filmou “Monte Carlo” em Budapeste, Paris e no pequeno principado de Monte Carlo que fica no Mar Mediterrâneo. Para ter o sotaque britânico de Cordelia, Gomez “treinou como fazer o sotaque por duas semanas.”Outro coisa que chama atenção são as marcas de roupas que Cordelia usou. “Minha próprias roupas são simples. Gosto de coisas clássicas,” disse a cantora e atriz. “O guarda-roupa de Grace era bem texano, simples, mas muito bonito.” “As roupas da Cordelia eram marcantes. Ela usava vestidos maravilhosos e jaquetas com óculos de sol, carteiras e brincos. Foi muito divertido criar isso tudo, porque ela não era o tipo de herdeira que eu achei que ela fosse ser. Ela usou muita alta-costura.”Enquanto Grace era trabalhou como garçonete para guardar dinheiro para sua viagem de formatura, Gomez passou seu colegial em sets gravando desde 2007 “Feiticeiros de Waverly Place” da Disney.
“Eu fui pra escola até a sétima série. Eu não era uma criança muito popular,” lembrou Gomez. “Eu sentava lá trás e tinha tipo duas amigas. Minha prima era a líder do time das animadoras de torcida, então ninguém me zoava porque ela era muito popular e sempre me protegeu bastante.”Ela pode dar algum conselho aos que estão no colegial? “É tão difícil não querer fazer parte das novas modinhas ou seguir o que as pessoas estão dizendo. Mas eu prefiro ser a criança estranha do que me tornar algo do qual que eu não me orgulhe.”
Créditos: SGBR

Nenhum comentário:

Postar um comentário